A segunda visita de Kaya ao Brasil, que aconteceu no evento AnimeFriends 2012, no dia 7 de julho, foi marcada pela simpatia e extroversão do cantor de pop-eletrônico.
Como no ano passado, os fãs que adquiriram um ingresso VIP tiveram a oportunidade de participar de um Meet&Greet com Kaya, que dessa vez veio desacompanhado de seus músicos. O meet ocorreu perto do palco principal, onde, mais tarde, o cantor se apresentou, separado apenas por separadores de filas e grades. Assim, mesmo os fãs que não adquiram o VIP tiveram a oportunidade de espiar o músico, que trajava um vestido azul goth-loli com um enorme laço decorando o topo de seu penteado. Uma tradutora ajudava Kaya a compreender a mensagem dos fãs que iam de um em um tirar uma foto e entregar presentes. Um arranjo de rosas preparado pelos fãs brasileiros com a mensagem “Brazil Loves You!” adornava a mesa na qual Kaya distribuía seus autógrafos.

Ainda antes de o show começar, Kaya também participou como jurado do concurso de moda Lolita Ribbon Fashion Contest. Para a última competidora, Kaya perguntou qual era o conceito do outfit, emitido por sua tradutora.

Assim, o evento prosseguiu com sua programação, enquanto os fãs da área VIP aguardavam ansiosamente em sua fila pelo show, que estava marcado para as 8 horas. A área VIP foi liberada as 8h20, e uma multidão se aglomerou no ginásio da Faculdade Cantareira, esperando para o início da apresentação. A apresentadora puxou a plateia para chamar o cantor, e então gritos de “Kaya! Kaya!” ecoaram por toda a quadra poliesportiva. Após um teste de luz, uma fumaça cobre o palco para ambientar a entrada do extravagante Kaya, que adentra o palco com uma rosa nos lábios e um vestido dourado. Quando chega ao centro do palco, observa a plateia que vibra com sua entrada e despedaça a rosa e atira para os fãs, iniciando a primeira música da noite: Pourriture Noble. Kaya aparece muito animado, cantando fazendo inúmeros rodopios. Ele sorri muito e aponta para a plateia, gritando “São Paulo!”. O público, muito participativo, acompanha os socos que o cantor puxa para o ar, e responde com gritos quando Kaya oferece o microfone para a plateia.

A segunda música, a coreografada Walkure, é dançada muito animadamente pelo cantor, que faz com que suas vestes flutuem no ar com seus movimentos. O público imita muito bem os gestos da coreografia da música, e Kaya responde olhando fixamente para o rosto dos fãs mais próximos, quando a iluminação se tornou mais difusa. Depois de uma sucessão de socos, rodopios e danças, o músico pausa para bebericar um pouco de água. Quando volta, cumprimenta todos em japonês: “Konbawa! Yoroshiku!” e depois em português: “Como vai?! Tudo bem?!”, respondido calorosamente pelos fãs brasileiros. “Enjoy, ok?!“, ele pede, sorrindo animadamente para a plateia que tenta conversar através de gritos e acenos.

Antes de iniciar a terceira música, Kaya exibe seu outfit da noite, perguntando para o público com uma pose provocadora se estava bonito: “Kawaii?
Com a confirmação da plateia de que estava bonito, Kaya inicia Madame Rosa, que é cantada em um microfone com suporte. Nessa música, que é marcada com diferentes luzes coloridas, Kaya aponta para diversos fãs, distribuindo sorrisos. Muitos copiam seus ritmados movimentos de braços. Com o fim da melodia, o palco escurece e Kaya encobre seu rosto, aproximando-se dramaticamente para perto da ponta do palco. As luzes se tornam frias e a sensual Vampire Requiem é apresentada, arrancando aplausos com as notas mais altas alcançadas pelo cantor.

Mais uma vez o palco escurece e o som de ventos ecoa pela quadra. Todo o show se torna avermelhado e Kaya sorri orgulhosamente com seus agudos em Carmilla. Ao fim dessa música, o cantor abre um imenso sorriso e grita: “Obrigada!“. Os fãs, felizes com as primeiras performances, respondem em um coro de “Kaya! Kaya!“. Ele então decide conversar com o público e pede pela tradutora. Enquanto esta se aproxima do palco, ele pergunta para a plateia se estão se divertindo: “Sugoi tanoshii?“. Alguns fãs que entenderam respondem, e quando a tradutora chega ele pede por uma resposta mais alta: “Não ouvi!“. Um agradecimento muito sincero é dado pelo cantor quando escuta as resposta dos fãs.

Quem veio ano passado?” e ao perceber muitas mãos levantadas, completa com um “Bem vindos novamente! Eu estou feliz por voltar, porque ano passado eu amei! Eu até queria morar no Brasil!” Tal demonstração sincera de afeto é recebida com muita felicidade, e Kaya continua: “Quem está me assistindo pela primeira vez? Muito prazer! Por favor, se divirtam hoje.
Quando a tradutora deixa o palco e Kaya se prepara para dançar, pergunta em português: “Vamos cantar juntos?” e então a famosa Chocolat começa. Essa música anima muito a plateia, que bate palmas sincronizadas com a divertida melodia. “Vamos dançar!” o músico chama enquanto canta, sendo envolto por diversas luzes de diferentes cores. O refrão foi cantado juntamente com os brasileiros, que demonstram muito bem o conhecimento que possuem da letra.

A próxima música, Kasha, faz Kaya pular muito, mesmo usando sapatos de salto muito alto. O cantor, muito energético, chama as pessoas para pular de maneira ritmada e pede para ouvir o público. Todos respondem movimentando seus braços de um lado para o outro, formando um belo cenário para o espetáculo. Sem grandes pausas, Transmigration se inicia, arrancando diferentes palmas do público. Animado com a responsividade que recebe da plateia, Kaya retira-se do palco agradecendo com um alto “Arigato!”.

Após alguns minutos de espera, vislumbra-se o MV de Salome no telão, que é marcado pelos ritmos orientais e pela temática inspirada em dança do ventre. Muitos suspiram com a cena em que Kaya beija um homem no clipe.
Quando o MV termina, os fãs começam novamente a chamar o cantor, que volta com seu rosto encoberto por um longo véu. Quando Kaya revela-se, suas vestimentas são as mesmas do vídeo, que são inspiradas em odaliscas e possui uma longa fenda, que revela sua perna. Ao rodopiar, Kaya lembra um grande pássaro negro, segurando os fluídos tecidos negros. O público agita-se muito com a entrada e Kaya deleita-se com os gritos de excitação que são ecoados. “Arigato!“, ele agradece enquanto performa a sensual Kaleidoscope. Quando a música termina, Kaya recebe uma bandeira do Brasil assinada pelos fãs e ele pula de tanta alegria. “Sugoi!” ele afirma com felicidade, e pede mais uma vez por sua tradutora, que o ajuda a segurar a bandeira de modo que todos possam vê-la.

Eu também amo o Brasil!” ele agradece, ” Ano passado eu também ganhei uma bandeira, e eu trouxe ela comigo dessa vez. Está no meu quarto, bem perto da minha cama. Meu gato até dorme em cima dela.” A plateia ri com a história, e os fãs que preparam as bandeiras emocionam-se com o carinho do cantor. ” Eu troquei de roupa!” Kaya afirma de forma brincalhona, exibindo seus véus. “Sexy?“, pergunta enquanto mostra sua perna e pede para todos sonharem com ele.
Muitos respondem gritando “Sexy!” e Kaya começa Babylon com uma expressão provocadora. Ele inicia uma coreografia utilizando seus tecidos, cobrindo-se e descobrindo-se, como se estivesse revelando-se para um amante. Uma fumaça encobre o palco, completando o tom misterioso da performance.

Vamos cantar!” Kaya chama para começar Salome, exibindo uma atitude dominadora. Mesmo quando seu aplique de cabelo cai, ele não perde a força de atitude que a música pede e chuta a massa de cabelos. A energia nessa música foi muito forte, com os fãs movendo-se junto com o cantor. Rose Jail, com suas batidas eletrônicas foi a música seguinte, com Kaya demonstrando seu poderoso vocal e pedindo “MOTTO!” para o público acompanhá-lo.
“Muito obrigada!” ele fala em português e deixa o palco. Sem demora,r os fãs pedem pelo encore, e Kaya volta rapidamente. “Vocês gostaram?” ele pergunta com um sincero sorriso, sendo respondido com muitas afirmações. “Verdade? Eu realmente amo o Brasil! Eu não sei quando eu volto, mas quando eu voltar vocês vêm me assistir de novo?“. O público responde muito entusiasticamente, o que faz Kaya dar uma risada de felicidade. “Essa última música é para vocês!”

Glitter Arch foi a música escolhida para encerrar a noite, e Kaya acena muito animadamente antes de deixar o palco, claramente com vontade de ficar mais. “I love you! Daisuki da!” ele afirma várias vezes, antes de curvar-se para o público. “Até mais! Tchau!”.

Apesar do show ter se encerrado e muitas pessoas irem embora, Kaya volta novamente para o palco para premiar as finalistas do concurso Lolita Ribbon Fashion Contest. Ele volta enrolado na bandeira do Brasil, e conversa um pouco com a apresentadora do concurso. Algumas meninas que foram premiadas estavam até usando o crachá que identifica os fãs da área VIP do Show do Kaya, e demonstram estar emocionadas quando o cantor coloca o broche de finalista em cada uma delas. Depois das fotos, Kaya despede-se mais uma vez, deixando sua simpatia e sorrisos com todos que participaram de sua animada performance.

SETLIST:

1. Pourriture Noble
2. Walkure
3. Madame Rosa
4. Vampire Requiem
5. Carmilla
6. Chocolat
7. Kasha
8. Transmigration
SALOME PV
9. Kaleidoscope
10. Babylon
11. Salome
12. Rose Jail
Encore:
13. Glitter Arch

 

Live Report por Beatrys Rodrigues

Deixe um comentário