O Anima-Osasco estava já bem divertido, tivemos apresentação de boas bandas locais. O show de GPKISM atrasou, e o que era para começar às 20:00 começou às 21:30. Mesmo assim, os fãs estavam apreensivos e muito ansiosos para ver GPK e Kiwamu. Os músicos chegaram e não tiveram nem tempo de passar o som, por isso foi logo que começaram a tocar que tiveram que fazer os ajustes.

A primeira música foi “Illuminatum”. O show não estava muito lotado, mas os poucos fãs que lá estavam agitavam e gritavam bastante. Logo que o show começou, enquanto a voz de GPK invadia todo o local, Kiwamu começou a gritar e acenar. Ao que parecia, seu equipamento não estava funcionando corretamente. GPK continuou cantando apesar dos problemas, ele sorria e estendia o braço à plateia que gritava e segurava o braço dele. Kiwamu ainda reclamou mais, enquanto GPK sorria bondosamente sem se estressar com o que acontecia. Kiwamu desceu do palco e foi até o som enquanto GPK desceu e aguardou até ele voltar. Os dois estavam com plataformas e com seus trajes escuros. A segunda musica deu inicio. Kiwamu apontava para a plateia, parecendo que estava brigando com eles, mas na realidade estava acenando. De repente, começou a agarrar a cabeça dos fãs que estavam na plateia. A terceira música também não conseguimos identificar. Depois tivemos um MC onde Kiwamu falou sobre seus CDs e que queria ver a animação do Brasil. Ele disse em português: “Comprar! Comprar o CD, por favor” e falou sobre a promoção de quem comprasse CD ganharia um pôster. E disse que se vendessem muitos CDs, não voltariam para o Japão.

“Ultimatus” começou. O público cantava junto com GPK, agitava e pulava sempre pegando nas mãos de ambos, nas roupas e o que mais conseguiam alcançar. Em seguida “Atheos”, e logo depois tivemos o lançamento “Barathrum”. Os fãs se empolgavam com coros de “UHHH e HEY HEY HEY”. A alegria era perceptível, inclusive pelos artistas. “Infernum” veio depois, seguida de “Abaddon”, e o ânimo e fôlego do público não terminava. A seguir, tivemos mais uma música que não conseguimos identificar. Após esta música, eles saíram do palco deixando o público gritando e berrando felizes. Pouco depois, começaram a pedir por um encore, e foram atendidos. GPK e Kiwamu voltaram e tocaram “Sublimis”, para encerrar o show com chave de ouro.

Depois do show, eles distribuíram autógrafos àqueles que compraram seus CDs e tiraram fotos com alguns fãs. Foi uma experiência única. Espero que venham novamente ao Brasil.

 

Live Report por Jackeline Lima

Deixe um comentário